Vitrine

Jack Storms - The Glass Sculptor


Começos ...

Se tivesse perguntado ao jovem Jack Storms de 12 anos, o que ele queria fazer em sua vida, ele teria pausado, e em seguida, deixaria escapar uma resposta vaga, algo semelhante a ”Eu não sei. Arte?





Jack Storms sempre foi bom nisso. A paixão estava lá. Seguindo o conselho do mentor, para exercer a arte, Jack assumiu a arte. Quanto mais aprendeu sobre a arte, mais percebeu o quanto queria fazer um nome para si mesmo. O que Jack Storms não sabia era que iria descobrir algo que o impulsionaria às fronteiras da arte contemporânea de forma significativa.


Experimentação

Durante seu primeiro ano na Universidade Estadual de Plymouth, Jack conseguiu um emprego trabalhando para um artista de vidro que tinha feito experiências com uma técnica que capturava chumbo cristal e vidro dicroico que foi combinado à imaginação de Jack usando um processo frio de vidro.








Fascinado pelo potencial, Jack passou um ano aprendendo as técnicas. Mas para Jack, havia sempre mais e mais aspectos para cavar, mais ideias para peneirar, mais projetos para testar, por para fora, e chamar de seu.


Aperfeiçoando sua arte

Depois de algum tempo, abriu seu próprio estúdio em 2004, Jack mergulhou mais profundamente no processo, passando horas e horas aperfeiçoando suas criações, até inventar uma forma de trabalho a frio. Tornou-se imediatamente óbvio para Jack que produzir um trabalho perfeito exigiria uma enorme quantidade de esforço. E tudo começaria no núcleo.








Trabalhando com blocos de cristal de chumbo, ele os cortava várias vezes, afiava e polia cada fatia. Então, com a precisão de um cirurgião, inseria vidro dicroico entre eles em todas as camadas, fazendo uma pausa para colar e curá-los antes de repetir o processo.








O resultado final? Lindas esculturas de vidro em forma de cubos, ovos e copos. Até mesmo um garrafa de champanhe e de vinho, exibindo uma caótica visão de cores.


Reconhecimento mundial

Demorou vários anos, um barco cheio de tenacidade e um vídeo viral ou dois, mas avança rapidamente após 13 anos, e o negócio de Jack está em plena execução.




Suas peças encontraram casas em numerosas coleções privadas, além de duas estarem em Guardiões da Galáxia da Marvel.

Comente e compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography®
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Yuto Yamaguchi - OruFun


O artista japonês Yuto Yamaguchi faz um excelente trabalho de artesanato, transformando livros de capa dura em esculturas.



O projeto de Yuto Yamaguchi chama-se OruFun, consiste num minucioso método de dobrar páginas sem utilizar tesoura, resultando em formas espetacularmente!



Sim, Yuto Yamaguchi, transforma livros em arte, transformando-os em desenhos e símbolos da cultura pop.



O resultado é realmente incrível, confira alguns de seus trabalhos e para acompanhar mais siga seu perfil no instagram @yutoyamaguchi.

Comente e compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography®
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Satoshi Tomizu - 戸水賢志 - Galáxias e Sistemas Solares dentro de Vidros



As obras de 戸水賢志 Satoshi Tomizu são de tirar o fôlego.


Tomizu cria dentro de vidro, sistemas solares, galáxias incrivelmente detalhadas.






Satoshi Tomizu começou a trabalhar com vidro resistente ao calor, quando tinha 28 anos e ficou realmente bom no que faz, depois de oito anos de prática.


As esculturas contém ouro, e o vidro colorido parece criar espirais de luz. Os planetas também são muito realistas. Ainda que, nas fotos, pareçam grandes, as esculturas são bem pequenas, inclusive sendo vendidas como pingentes para colares.










As obras de Satoshi Tomizu são tão populares que precisou suspender os pedidos por um tempo.


Estas bolhas de vidro têm um opala redonda no centro que se parece com um planeta rodeado por partículas de ouro, representando uma poeira espacial, asteroides e satélites.

Comente e compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography®
⬛◼◾▪ CONTATO ▪
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...